SIGA TAMBÉM!!!

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

COMO LIDAR COM AS PROVAÇÕES?

Mateus 10.19-36


Introdução:

Nos dia em que estamos vivendo existe algo que me preocupa muito: A mensagem que temos ouvido em nossas igrejas. Pois essas mensagens não têm preparado o povo de Deus para os dias de perseguições, que é mister que a igreja enfrente tais perseguições. E o que estamos vendo é os crentes se afastado de Deus nas primeiras provações que lhe vem na vida cristã. E esse foi um dos temas que o nosso Senhor Jesus Cristo não abriu mão de pregar: Preparar os discípulos para as perseguições que viriam somente pelo fato de serem servos do Senhor. E nessa mensagem, com a ajuda de Deus, quero transmitir uma mensagem que possa nos ajudar a lidar com as perseguições que constantemente nos atinge. E assim me proponho que nessa mensagem falarei de: 1 - quem poderá se levantar contra nós; 2 –de que maneira se levantaram contra nós; 3 - qual a reação que naturalmente teremos; 4 – e quais as verdades que devemos nos apegar quando tais perseguições vierem.

1 – Quem serão os meus possíveis perseguidores?

No texto que lemos vemos pelo menos 3 tipos de pessoas que nos perseguiram: 1 – Governo. 2 – Religiosos. 3 – Família.

* No texto de Mt 10.18-19 vemos que será possível que os governantes de nosso país, estado ou cidade, venham nos perseguir, por não aceitarem os parâmetros da palavra de Deus. Na historia mundial já vimos diversas vezes como os governantes de vários países já se opuseram contra o anuncio das boas novas. Hoje em nosso país vermos uns lampejos de algum tipo de oposição a pregação do verdadeiro evangelho. Pois já é realidade no Brasil que falar sobre o adultério, o homossexualismo e outros tipos de pecados condenáveis, segundo a Bíblia Sagrada, poderá causar sérias conseqüências. Vemos esta realidade acontecendo na vida do apostolo Paulo e de sue companheiro Silas em At 16, quando Paulo e Silas foram ate a cidade de Filipo e ali pregaram o evangelho e libertou uma jovem, no nome do Senhor, que era possessa por um espírito imundo de adivinhação, foi ai que a perseguição começou e foram presos por estarem realizando a obra de Deus.

* Vemos também no texto de Mt 10.17 que poderemos ser perseguidos pelos religiosos. Jesus faz questão de nos alertar que os adeptos de religiões poderão nos perseguir, por não estarem de acordo com a mensagem que pregamos. Essa é uma realidade que vem acontecendo no nosso meio cristão, pois muitos falsos profetas têm se levantado para se opor contra a mensagem verdadeira do evangelho. Muitas vezes criticam os verdadeiros pregadores em radio, televisão e em outros meios de comunicação de massa. É sabido de todos que em muitos países do mundo existe uma séria perseguição por parte de religiosos de outras religiões, no oriente médio muitos missionários cristãos tem sido mortos pelos mulçumanos. Foi noticia a poucos dias de como mulçumanos prenderam mais de vinte missionários cristãos, que vieram da Coréia do Sul para anunciar o evangelho no oriente médio. Vemos em At 4.1-3 o que aconteceu com Pedro e João por estarem anunciando a fé em Jesus.

* Podemos ver também em Mt 10.21 que a perseguição, também, poderá vir de dentro da nossa própria casa. Jesus não escondeu que ate mesmo os nossos familiares poderão se levantar e se opor contra a verdade que cremos e pregamos. É fato que muitos crentes em Jesus se viram nessas condições. Quando seus pais e irmãos se levantaram contra fé que decidiram aceitar e viver. E nas escrituras vemos essa realidade também, para nos dar o exemplo Lc 15.25-32 quando o irmão do filho pródigo se opôs à decisão do jovem de voltar para a casa do Pai.

2 – De que forma nos perseguiram?

No texto principal que lemos, alem de nos revelar quem nos perseguiria, também nos revela detalhes de que tipos de perseguição nos sobreviriam. Ameaças (Mt 10.17,18,26), Danos físicos (Mt 10.17,28), Ridicularização publica (Mt 10.22), Rejeição (Mt .10.34-37).

3 – Como reagimos diante dessas perseguições?

É comum que diante de situações como estas venhamos sentir medo e preocupação. Digo isto porque vemos no texto principal o Senhor dizendo “não temas(Mt 10.19; 10.26; 10.28; 10.31), se assim Jesus ensinou é porque nessas horas o medo e a preocupação venham sobre nós.

4 – Em quais verdades eu devo me apoiar quando vierem as perseguições?

É um fato que as perseguições viram sobre as nossas vidas, como acabamos de ver. Porem o Senhor Jesus nos declara verdades poderosas onde podemos apoiar a nossa fé.

I – A verdade sempre será revelada: (Mt 10.26) Devemos acreditar que sempre a verdade irá prevalecer, é uma garantia que temos da parte de Deus, de que vale a pena ser verdadeiro, e não se deixar levar pelas ondas que o mundo tenta nos levar, mas que possamos preferir ser fiel à verdade, mesmo que para isso sejamos perseguidos.

II – O próprio Deus nos reconhecerá se o reconhecermos: (Mt 10.32) Quando foi ensinado que os homens nos humilharia diante de todos, o Senhor também nos ensinou que se fossemos fieis mesmo quando falassem palavras de humilhação contra nós, e não negássemos o nome do Senhor Ele nos reconheceria. Tenho pra mim que não existe coisa melhor do que ser reconhecido pelo próprio Deus. Muitos buscam o reconhecimento humano e para isso ate mesmo negam o nome do Senhor Jesus. Porém há uma promessa para os que decidirem a ser fieis ao nome do Senhor.

III – O amor de Deus nos sustentará: (Mt 10.31) Quando a rejeição familiar nos atingir devemos nos apegar na verdade ensinada pelo nosso Senhor Jesus, que somos valiosos para o nosso Deus. É fato que o amor de Deus pode nos sustentar, Ele já nos deu provas suficientes de que de fato nos ama. Portanto se você é rejeitado por seus familiares e amigos, lembre-se de que mais valioso do que o amor de pai, mãe e irmãos é o amor de Deus e você pode ter certeza que o grande amor de Deus estará te sustentando nessas horas de perseguições.

IV – Nossa alma não pode ser ferida: (Mt 10.28) Foi ensinado por Jesus que ate mesmo poderemos sofrer perseguições que resultaram em morte e agressões físicas, porem a certeza que o Senhor nos da é que a nossa alma não poderá ser tocada, os homens poderão ate mesmo nos matar, porem é certo que a nossa alma está guardada em Deus.

Conclusão.

Portanto que nos apeguemos às promessas da Bíblia que serve de fonte de força para prosseguirmos na nossa caminhada em direção ao céu. Que venhamos entender que o Senhor não nos enganou, como fazem alguns pregadores de nossos dias, mas fez questão de nos ensinar acerca das provações que viriam sobre nós. Mas nos deu a sua promessa de que estaria conosco nos momentos mais difíceis de nossas vidas. “No mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo...”

5 comentários:

CIDA GOMES disse...

É meu irmão...os pregadores da prosperidade se esqueceram do versículo que diz " no mundo tereis aflições"

Graças a Deus pelos que ainda lêem a bíblia!!!

Deus o abençôe...

Luiz Clédio Monteiro disse...

“Desde a infância você conhece as Sagradas Escrituras; elas têm o poder de lhe comunicar a sabedoria que conduz à salvação pela fé em Jesus Cristo. Toda Escritura é inspirada por Deus e é útil para ensinar, para refutar, para corrigir, para educar na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito, preparado para toda boa obra” (2Tm 3,15-17).

Gostei do seu blog. Vou acompanhá-lo. Veja o nosso blog
www.cledio.blogspot.com (Doutrina de Cristo)

Luiz Clédio Monteiro disse...

A Segurança Pôr Meio da Oração!

"Ó Tu que ouves as orações, a Ti virão todos os homens" (Sl. 65:2)

A bênção através da oração por confiança em Deus, é um dos grandes benefício que o crente tem em seu favor, a qual ele pode valer-se sempre que necessite de livramento. A Bíblia é cheia de exemplos da extraordinária piedade do Senhor em ouvir o rogo dependente do seu povo. Foi nos tempos de Enos filho de Set que o homem começou a invocar o nome do Senhor (Gn. 4:26).

O crente, é a "casa de oração de todos os povos". E para sua necessidade universal veio o Espírito Santo interceder com gemidos inexprimíveis para ajudá-lo, pois, muitas vezes, não sabe como, e o que pedir (Rm. 8:26). A oração deste santo, é o incenso que transborda na taça de ouro dos vinte e quatro anciões e dos quatro seres viventes que ficam na presença do Cordeiro de Deus (Ap. 5:8) e às vezes é atendida antes de concluída, como no caso de Daniel na oração maravilhosa de arrependimento coletivo pelo povo judeu (Dn. 9:3-23) quando ainda suplicava, o anjo Gabriel veio e o instruiu dizendo que ele era muito amado do Senhor, e tinha sentido na palavra, e, era entendido na visão. Por causa da sua disposição em orar três vezes ao dia, quando foi jogado na cova dos leões por esse ato, foi protegido e nada lhe aconteceu (Dn 6:10-17). O crente deve confiar no poder e na vontade de Deus pela fé que ele tem em Cristo, para libertá-lo das ameaças do mundo que embora às vezes cumprem-se, porem, não consegue seu propósito.

passei para deixar uma palava do nosso Senhor.
visite nosso blog - tem uma nova postagem lá. Edificante - creio
bençãos a voce e a toda familia
fique na paz meu irmão

jayst

Moyses Alexandre de Godoi disse...

Shalom Adonai...

Benção de Deus irmão...
Esmiuçada a palavra sem distorções e sem querer agradar ouvintes e sim pregar a Verdade de Deus,esse é o caminho...
Voltarei aqui com mais tempo para dar a atenção devida que o seu blog merece e olhar o resto das postagens, mas desde já estou a te seguir vamos nos seguir para estarmos atualizados com as postagens...
http://evangelhotransparente.blogspot.com/
Que Deus abençoe...

icabode-foiseagloriadedeus disse...

TEXTO MARAVILHOSO MEU IRMÃO!!!
DEUS ABENÇÔE...

(CIDA GOMES)